Menu
Atualizado em 10/10/2019 às 09h40

Funcionário público do AC é condenado a pagar R$ 15 mil por ausência na vida do filho: 'garoto sofre'

Advogado diz que pai paga mais de R$ 1,3 de pensão, tem conflito com a mãe da criança e vai recorrer da decisão.
Reprodução/Google Street View
Um funcionário público federal do Acre vai ter que pagar uma indenização de R$ 15 mil por abandono afetivo do filho, de 10 anos. A mãe da criança entrou na Justiça contra o pai porque ele não visita e não tem contato com o garoto.
A decisão, divulgada nesta quarta-feira (9), é do Juízo da 4ª Vara Cível da Comarca de Rio Branco e ainda cabe recurso.
Ao G1, o advogado do servidor, Almir Pagliarini, explicou que vai recorrer da decisão porque o cliente não tem condições de pagar valor estipulado. O advogado acrescentou que o pai paga uma pensão de R$ 1,3 mil para o filho, e tem problemas com a mãe do garoto.
“É complicado, sempre teve muito conflito entre eles. Vou recorrer porque não tem condições, se tivesse pagaria. Não é uma questão de dinheiro, essa parte não tem...

Fonte: Globo.com

AC - Rio Branco

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS