Menu
Atualizado em 18/07/2019 às 21h00

Condenada a 19 anos, acusada de mandar médico em Maceió é solta após habeas corpus

Silvana de Oliveira Lins Macêdo foi julgada pela morte do ex-companheiro, o médico Francisco Rodrigues Freire. Justiça manda soltar a mulher que foi condenada pelo morte do médico Francisco Rodrigues
A mulher que foi condenada a 19 anos por mandar matar o ex-companheiro, o médico Francisco Rodrigues Freire, deixou a prisão nesta quinta-feira (18). O Tribunal de Justiça de Alagoas concedeu habeas corpus a Silvana de Oliveira Lins Macêdo.
O advogado de defesa de Silvana, Marinesio Luz, confirmou que a cliente já deixou o Sistema Prisional.
A decisão da Justiça deve ser publicada no Diário da Justiça Eletrônico da sexta-feira (19).
Silvana de Oliveira foi julgada e condenada nesta semana em Maceió.
Durante o julgamento, Silvana foi ouvida e negou que pagou R$ 2 mil a Aldreis dos Santos Oliveira, condenado em 2014 como autor material do crime. "Não sei quem mandou matar. Ele mesmo [Aldreis] nega me conhecer", disse.
O crime ocorreu no...

Fonte: Globo.com

AL - Maceió

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS