Menu
Atualizado em 13/08/2019 às 17h20

Empresa suspende avaliações de imóveis atingidos por rachaduras em Maceió após STJ desbloquear recursos da Braskem

Suspensão dos trabalhos atende a orientação do TJ. MP e Defensoria trabalham para reverter a decisão da corte Federal. Empresa nomeada pelo TJ para avaliar residências atingidas por rachaduras em Maceió suspende trabalhos após decisão do STJ
Jonathan Lins/G1
A empresa nomeada pelo Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ-AL) para realizar a vistoria de residências no Pinheiro, Mutange e Bebedouro, bairros de Maceió atingidos por rachaduras, suspendeu os trabalhos nesta terça-feira (13). O motivo é a decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que desbloqueou R$ 3,6 bilhões da Braskem, que seriam utilizados para indenizações aos moradores. Ministério Público e Defensoria trabalham para reverter essa decisão.
Em comunicado enviado à imprensa, a Cotrim e Amaral Engenharia de Avaliações e Perícias Judiciais informa que os trabalhos foram suspensos por orientação do tribunal. A informação foi confirmada pela assessoria do TJ.
O...

Fonte: Globo.com

AL - Maceió

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS