Menu
Atualizado em 12/09/2019 às 11h20

Justiça condena a 27 anos de prisão acusado de matar homem por cobrança de R$ 3 em Alagoas

Vítima e assassino discutiram por causa da taxa cobrada pelo estacionamento na Praia do Gunga, no Litoral Sul. Um homem acusado de cometer um homicídio por causa de uma dívida de R$ 3 foi julgado e condenado pela Justiça a 27 anos de prisão, em regime inicialmente fechado.
O julgamento de William de Souza Ferreira aconteceu na quarta-feira (11). A promotoria acusava o réu de ter feito os disparos de arma de fogo contra Anderson Medeiros Teixeira e contra Letícia Soares dos Santos, mas somente Teixeira faleceu.
Segundo a acusação, o motivo da discussão foi a cobrança da taxa de estacionamento de R$ 3, porque as vítimas deixaram uma moto estacionada na Praia do Gunga, no Litoral Sul de Alagoas.
A vítima pagou a taxa porque estava sendo impedida de sair, mas argumentou que a cobrança era indevida e que faria uma denúncia ao Procon.
Para o cálculo da pena, o magistrado considerou que as circunstâncias do crime foram extremamente graves, “visto...

Fonte: Globo.com

AL - Maceió

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS