Menu
Atualizado em 11/09/2019 às 15h20

Operação embarga 1.625 hectares de terra no Sul do AM por queimadas e desmatamento ilegal

Só em Apuí, foram embargadas três áreas que somam 586,5 hectares. Ações ocorrem no âmbito das operações Curuquetê e Verde Brasil
Divulgação
Mais 1.625 hectares de terra foram embargados como resultado das operações Curuquetê e Verde Brasil, realizadas em conjunto pelo Governo do Estado e Governo Federal. Segundo informações repassadas nesta quarta-feira (11), as propriedades ficam nos municípios de Apuí e Canutama (a 347 e 619 quilômetros de Manaus, respectivamente). Fiscais identificaram prática de queimadas e desmatamento ilegal nos locais embargados.
Este foi o segundo dia de ações na zona rural de Canutama. No primeiro dia, na segunda-feira (9), foram embargados 1.584 hectares de terras, divididas em seis propriedades, e emitidas multas no valor total de R$ 4,9 milhões.
Nesta terça-feira (10), foram embargadas áreas de mais seis propriedades, somando 1.039 hectares. A ação contou com efetivo do Exército Brasileiro,...

Fonte: Globo.com

AM - Manaus

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS