Menu
Atualizado em 09/10/2019 às 15h20

Juíza visita casa de vítima de AVC e realiza audiência de divórcio de casal separado há 22 anos

Atendimento domiciliar faz parte do projeto 'Justiça Intinerante', do Tribunal de Justiça do Amazonas. Juíza Vanessa Mota, coordenadora do Justiça Itinerante, no atendimento a Ezequiel Gentil
Chico Batata/TJAM
Para oficializar o processo de divórcio consensual de um casal separado há 22 anos, a juíza Vanessa Leite Mota, de Manaus, foi até a casa do requerente para concluir o processo. A magistrada decidiu fazer o atendimento domiciliar porque Ezequiel da Costa Gentil, de 54 anos, se recupera de um acidente vascular cerebral (AVC) que o impossibilitou de ir até o atendimento do programa 'Justiça Itinerante'.
"Esse é o grande papel da 'Justiça Itinerante', levar o Judiciário para perto dos jurisdicionados. A gente não trabalha somente dentro dos ônibus do programa, o Itinerante tem essa facilidade de se deslocar até o jurisdicionado e estamos aqui na residência do senhor Ezequiel cumprindo esse papel efetivo da Justiça”, afirmou a magistrada...

Fonte: Globo.com

AM - Manaus

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS