Menu
Atualizado em 19/07/2019 às 16h00

Projeto de R$ 200 milhões prevê usar prédio de centro de internação abandonado há 6 anos

Prédio do antigo 'Aninga', em Macapá, vai dar espaço a unidade da Caesa destinada ao abastecimento de água para atender das zonas Sul e Oeste. Local está tomado por mato, lixo e despejo de entulhos
Victor Vidigal/G1
Abandonado desde 2013, o prédio do antigo Centro de Educação Socioeducativo de Internação (Cesein), também conhecido como "Aninga", continua aguardando a execução de um projeto da Companhia de Água e Esgoto do Amapá (Caesa) para construção do Centro de Reservação do Buritizal, na Zona Sul de Macapá.
O novo projeto de obra, feito em 2018 e orçado em R$ 200 milhões, prevê a implantação de dois reservatórios de cinco milhões de litros cada, além de dois sistemas de bombeamento que servirão para abastecer as zonas Sul e Oeste da capital.
A falta de uma empresa para elaboração do projeto arquitetônico para a obra foi o que provocou o adiamento da construção, explicou João Paulo Monteiro, diretor técnico e...

Fonte: Globo.com

AP - Macapá

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS