Menu
Atualizado em 18/08/2019 às 21h40

Governadores da Amazônia Legal lamentam posições do governo e suspensão de repasses de Alemanha e Noruega

Presidente de consórcio, governador do Amapá divulgou nota em que defende o Fundo Amazônia e diz que grupo pretende negociar diretamente com países doadores. Governadores da Amazônia Legal lamentaram, em nota divulgada neste domingo (18), que posições do governo brasileiro tenham levado Alemanha e Noruega a suspenderem repasses de recursos para ajudar na preservação da Amazônia.
A nota foi divulgada pelo governador do Amapá, Waldez Góes (PDT), presidente do Consócio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável da Amazônia Legal.
O grupo é formado ainda pelos governadores de Acre, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins.
A nota diz que os governadores são "defensores incondicionais do Fundo Amazônia", que recebe doações de Noruega e Alemanha e financia ações e projetos contra o desmatamento.
O texto afirma ainda que o bloco "estará dialogando diretamente com os países financiadores", e que isso já foi...

Fonte: Globo.com

AP - Macapá

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS