Menu
Atualizado em 11/09/2019 às 11h20

Greve dos Correios no AP tem adesão de 10% dos funcionários

Trabalhadores são contra redução de benefícios e privatização. Movimento teve início nesta quarta-feira (11). Correios dizem que greve não afetou serviços. Funcionários dos Correios no AP entram em greve contra redução dos salários, benefícios e privatização
Victor Vidigal/G1
Funcionários dos Correios no Amapá aderiram na manhã desta quarta-feira (11) a greve geral por tempo indeterminado deflagrada em todo o país. Dos 255 trabalhadores do estado, 10% estão concentrados em frente a agência central, em Macapá. O número representa 25 funcionários.
Os trabalhadores são contra a redução dos salários e de benefícios e a gestão da estatal pela iniciativa privada, que foi incluída no mês passado no programa de privatizações do governo Bolsonaro.
Os Correios disseram, em nota, que participaram de dez encontros na mesa de negociação com os representantes dos trabalhadores. Na ocasião foram tratadas as propostas para acordo e...

Fonte: Globo.com

AP - Macapá

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS