Menu
Atualizado em 11/09/2019 às 07h20

Homicídios e lesões corporais puxam alta de 6% nas mortes violentas em 2018 no Amapá

Latrocínios e mortes por intervenção policial tiveram queda no mesmo período. Dados são do Anuário Brasileiro de Segurança Pública. Apenas 4 estados do país tiveram em 2018 mais mortes violentas do que em 2017
John Pacheco/G1
Em 2018, nunca ocorreram tantas mortes violentas no Amapá. Foram 480 vidas perdidas de forma trágica, segundo o 13º Anuário Brasileiro de Segurança Pública, divulgado nesta semana. O aumento foi de 6,4% em relação ao ano passado e deixou o estado em 3º entre os quatro únicos do país que tiveram alta.
Entre os tipos de Crimes Violentos Letais Intencionais (CLVI) contabilizados pelo estudo, os homicídios dolosos (7,1%) – quando há intenção de matar – e a lesão corporal seguida de morte (248,6%), elevaram. Latrocínios (-25,2%) e óbitos por intervenção policial (-22,7%) apresentaram baixa.
A variação da taxa de mortes violentas em 6,4% é resultado da alta de assassinatos levantada pelo Anuário, que...

Fonte: Globo.com

AP - Macapá

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS