Menu
Atualizado em 20/09/2019 às 10h40

Presidiário e jovem são indiciados por golpe do comprovante bancário falso, em Macapá

De acordo com Polícia Civil, Wellington Araújo realizava fraude de dentro do Iapen. Presidiário Wellington Araújo, indiciado por estelionatário
Polícia Civil/Divulgação
Uma jovem de 19 anos, e o presidiário Wellington Araújo, de 38 anos, foram indiciados pelo crime de estelionato em Macapá, após a prática do golpe do comprovante bancário falso em compras feitas pela internet.
De acordo com a da 6ª Delegacia de Polícia da capital, Araújo a fraude acontecia de dentro do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen) do Amapá, utilizando um celular. Com o aparelho, ele ligava e mandava mensagens para vendedores de produtos em sites de compra e venda.
Ainda segundo a Polícia Civil, a tática do detento consistia em demonstrar interesse pela compra. No decorrer da conversa, no entanto, o preso informava que não poderia buscar pessoalmente o produto devido ao trabalho e que mandaria uma filha fazer o serviço.
"Essa modalidade...

Fonte: Globo.com

AP - Macapá

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS