Menu
Atualizado em 24/06/2019 às 19h00

Polícia Civil abre inquérito para apurar caso de falsa médica em mutirão de Campo Belo

A mulher detida e outras três pessoas foram ouvidas e liberadas. Máquinas de cartão e armações de óculos foram apreendidas. Mutirão de exames de vista vira caso de polícia em Campo Belo (MG)
A Polícia Civil de Campo Belo (MG) vai abrir inquérito para avaliar a gravidade do caso de uma mulher detida no sábado (22) por suspeita de realizar exames oftalmológicos no lugar da profissional durante um mutirão na Igreja Casa de Oração Jesus Salva, no bairro Feira. Outras três pessoas que estavam com ela também foram ouvidas na delegacia.
De acordo com a polícia, a suspeita estava utilizando um registro de uma segunda mulher, de São Paulo (SP), que seria optometrista. Ela foi ouvida e liberada, mas pode responder por exercício ilegal da profissão.
O mutirão para exames oftalmológicos estava marcado para ter início às 10h, no sábado. O grupo que faria a avaliação era da capital paulista e o agendamento foi feito diretamente com o pastor...

Fonte: Globo.com

MG - Belo Horizonte

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS