Menu
Atualizado em 11/09/2019 às 18h40

Prefeitura decreta situação de emergência para o uso de água potável em Viçosa

Estudos técnicos apontam que a água nas duas represas tem volume de captação para mais 36 dias. Descumprimento de restrições pode gerar multa para cidadãos. Represa fica no campus da Universidade Federal de Viçosa (UFV)
CCS/UFV
A Prefeitura de Viçosa decretou situação de emergência para o uso de água potável no município. A informação foi divulgada no início da noite desta quarta-feira (11) pela assessoria de comunicação após monitoramento feito junto ao Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae).
Segundo o diretor do Saae, Luciano Piovesan, a equipe se reuniu nesta segunda-feira (9) com representantes da Pró-Reitoria de Administração da Universidade Federal de Viçosa (UFV) para tratar sobre o monitoramento da vazão da Bacia do São Bartolomeu.
"Neste momento de estiagem, o Ribeirão São Bartolomeu está vertendo 10 litros por segundo. A captação é de 11 litros por segundo pela UFV e 30 litros por segundo pelo Saae....

Fonte: Globo.com

MG - Belo Horizonte

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS