Menu
Atualizado em 09/10/2019 às 12h00

Justiça derruba liminar e comissão para investigar vereador por compra de votos volta a atuar em Lavras, MG

Ailton Magalhães Filho (PSDB) é suspeito de oferecer cargos públicos para eleitores. Vereador é suspeito de compra de votos em Lavras
Reprodução EPTV
A Justiça derrubou a liminar que anulava a composição da comissão processante montada para apurar a denúncia de compra de votos contra o vereador Ailton Magalhães Filho (PSDB), em Lavras (MG). Ele é suspeito de oferecer cargos públicos para eleitores.
A comissão foi montada no final de junho após uma denúncia feita pelas redes sociais. Um morador da cidade tinha um documento que teria sido assinado pelo então candidato a vereador. No termo de compromisso, ele teria se comprometido a contratar a esposa do eleitor para um cargo comissionado em troca dos votos.
O denunciante e a esposa trabalharam na prefeitura de Lavras entre 2017 e 2018. A câmara investigou o caso em uma CPI. O relatório da comissão concluiu que há "fortes indícios de crime eleitoral" e recomendou a criação da...

Fonte: Globo.com

MG - Belo Horizonte

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS