Menu
Atualizado em 13/06/2019 às 17h56

Uso de banco de DNAs para elucidar crimes sexuais no Amazonas é tema de artigo de revista

Dados coletados ajuda a identificar criminosos seriais, que costumam cometer crimes de maneira seguida. Com o banco de DNAs, perícia consegue identificar suspeitos. Banco de Perfis Genéticos do Estado do Amazonas possui mais de 1,2 mil amostras de perfis de condenados do antigo regime semiaberto e do fechado do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj)..
Divulgação/SSP-AM
O Banco de Perfis Genéticos do Estado do Amazonas ganhou destaque na revista da Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais (APCF), uma publicação nacional que destaca o trabalho de peritos no combate e na elucidação de crimes. Um artigo abordou o trabalho feito no Amazonas sobre o uso de um banco de DNAs para elucidar crimes sexuais.
No artigo "Aspectos periciais no combate aos crimes sexuais", a gerente do Laboratório de Biologia e Genética Forense do Instituto Médico Legal (IML), perita criminal Daniela Koshikene, ressaltou os desafios para apuração dos crimes...

Fonte: Globo.com

DF - Brasília

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS