Menu
Atualizado em 15/08/2019 às 14h20

PRF determina 'cumprimento imediato' de suspensão de radares móveis em estradas federais

Bolsonaro determinou reavaliação do uso dos equipamentos; não há prazo definido para a volta da fiscalização. Radares fixos continuam. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou um ofício nesta quinta-feira (15) determinando "cumprimento imediato" da suspensão da fiscalização por radares móveis nas estradas federais, as chamadas BRs. A medida atende determinação do presidente Jair Bolsonaro e não vale para radares fixos, que continuarão funcionando.
Segundo o governo, o uso dos radares móveis será reavaliado e não foi divulgado um prazo para que eles voltem a ser usados na fiscalização.
A decisão foi publicada no "Diário Oficial da União" também nesta quinta, mas não especificava quando começaria a valer.
"A direção-geral da Polícia Rodoviária Federal (PRF) expediu decisão administrativa na qual determina a todos os gestores e servidores da PRF que adotem as providências necessárias para o imediato cumprimento da decisão...

Carros e Motos

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS