Menu
Atualizado em 16/06/2019 às 12h00

Apesar do Brexit, Londres continua seduzindo os chamados 'super-ricos'

Regime fiscal britânico permite que estrangeiros com grandes fortunas não se tornem contribuintes no Reino Unido, apesar de residirem no país, o que tornou Londres atraente para os quase 5 mil super-ricos de todo o mundo que vivem nas ilhas britânicas. O edifício Shard, em Londres
Jason Hawkes/Barcroft Media/Getty Images
Um regime fiscal destinado a atrair grandes fortunas estrangeiras é um dos segredos que mantém Londres como uma das cidades favoritas dos super-ricos, apesar das incertezas do Brexit.
A ampla oferta de luxo da capital britânica e as famosas escolas particulares do Reino Unido completam um pacote que seduz muitas famílias do Oriente Médio que enriqueceram com petróleo e empreendedores de todo o mundo.
No ano passado, cerca de 400 pessoas se mudaram para a Grã-Bretanha com ativos pessoais de mais de US$ 30 milhões, conhecidas no jargão financeiro como "Ultra High-Net-Worth Individual" (UHNW), segundo um relatório do Credit...

Fonte: Globo.com

Economia e Finanças

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS