Menu
Atualizado em 21/07/2019 às 08h40

Chegada do frio atrasa e prejudica produção de maçãs em Santa Catarina

Fruta precisa de pelo menos 800 horas de frio e, no principal município produtor, a média está em 200 horas até o momento. Chegada do frio atrasa e prejudica produção de maçãs em Santa Catarina
O frio em Santa Catarina chegou tarde este ano e prejudicou a produção de maçãs.
Esta é a época em que as macieiras estão guardando energia para a brotação, que acontece na primavera. Por isso é que, nesse período, o frio é tão importante.
As variedades gala e fuji são exigentes quando o assunto é clima. Para ter uma safra de qualidade e com muitas frutas, são necessárias cerca de 800 horas com temperaturas abaixo de 7,2°C.
Em São Joaquim, maior município produtor de maçãs do Brasil, ainda existem pomares com folhas. Esse é um sinal de que o frio esperado para o outono e o inverno veio mais tarde e em menor intensidade.
Lá foram registradas, até agora menos, de 200 horas de frio quando eram esperadas 450 horas. Com isso, a planta...

Fonte: Globo.com

Economia e Finanças

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS