Menu
Atualizado em 22/08/2019 às 19h00

China culpa Canadá por dificuldades em relacionamento e exige libertação de executiva da Huawei

País quer liberdade imediata da executiva, presa em dezembro em Vancouver, para 'trazer as relações bilaterais de volta ao caminho certo'. A embaixada da China no Canadá disse nesta quinta-feira (22) que os laços entre os países estão sofrendo grandes dificuldades e exigiu que o país libere a executiva da Huawei, Meng Wanzhou, presa desde dezembro em Vancouver.
Ela foi detida a pedido dos Estados Unidos. Em maio, Wanzhou disse que pretendia pedir suspensão do processo de extradição para os Estados Unidos com base em declarações do presidente norte-americano, Donald Trump.
Meng Wanzhou, executiva da Huawei, está detida no Canadá desde dezembro.
Lindsey Wasson/Reuters
A China, desde então, acusou dois canadenses de espionagem e interrompeu a importação de carne e sementes de canola do Canadá.
O primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, disse na quarta-feira (21) que seu governo não tem intenção de recuar na disputa e defende...

Fonte: Globo.com

Economia e Finanças

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS