Menu
Atualizado em 11/09/2019 às 18h20

MPF quer saber do Ibama como será feita retirada de equipamentos apreendidos em fiscalizações no PA

Coronel da reserva da PM é exonerado do cargo de superintendente do Ibama no estado, após dizer que ia impedir destruição de maquinários. O Ibama no PA funcionava sem chefia nomeada desde a gestão Temer. O Ministério Público Federal (MPF) pediu resposta ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) sobre como será feita a retirada dos materiais de grande volume apreendidos em áreas de difícil acesso, e que não sejam imediatamente destruídos, em ações de fiscalização ambiental.
O ex-superintendente do Ibama no Pará, coronel da reserva da PM Evandro Cunha, foi exonerado nesta quarta-feira (11), após afirmar a cerca de mil pessoas em uma audiência pública que ia impedir a destruição de bens apreendidos em áreas de desmatamento e garimpo ilegal. O Ministério do Meio Ambiente informou que não houve nenhuma determinação para preservar maquinários. O G1 entrou em contato com o Ibama e aguarda posicionamento.
O Ibama no Pará funcionava sem...

Fonte: Globo.com

Meio Ambiente

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS