Menu
Atualizado em 14/09/2019 às 05h20

Autuações por crimes como queimadas e desmate caem 23% neste ano na Amazônia Legal

Fiscais do Ibama aplicaram menos advertências e multas por infração contra flora até o fim de agosto. Eles proibiram o uso de 1.837 terrenos onde ocorreram infrações ambientais, 20 a mais do que no mesmo período do ano passado. Fiscais do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) aplicaram neste ano 23% menos advertências e multas por crimes contra a flora na Amazônia Legal. Flora é o conjunto de plantas de uma determinada região. Incêndios provocados pela ação humana ou desmate são crimes contra a flora, assim como a venda de madeira ilegal.
A queda foi verificada no período entre janeiro e agosto na comparação com o mesmo período de 2018. Nos primeiros oito meses deste ano, queimadas e alertas de desmatamento tiveram altas expressivas (veja detalhes abaixo).
Os dados são de um levantamento feito pelo G1 com base em informações do portal "Dados Abertos do Ibama". Veja os principais pontos do levantamento...

Fonte: Globo.com

Meio Ambiente

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS