Menu
Atualizado em 09/10/2019 às 23h20

Terras indígenas na Amazônia têm maior número de queimadas desde 2011; focos dobram em relação a 2018



Foram 5.242 pontos de fogo detectados pelo Inpe em 2019, contra 2.544 em 2018. Foco de queimada em rodovia federal de Rondônia
Fábio Tito/G1
O número de focos registrados pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) em terras indígenas (TIs) nos nove primeiros meses deste ano é o maior desde 2011 e representa o dobro do que foi verificado no ano passado.
Foram 5.242 pontos flagrados pelos satélites em áreas demarcadas na Amazônia neste ano, contra 2.680 contabilizados no mesmo período de 2011 e 2.544 em 2018. O recorde da década ocorreu em 2010, com 7.451 pontos de queimadas em áreas indígenas.
Queimadas em até 5 km ao redor das terras
Rodrigo Cunha/G1
Os dados usados na análise compreendem o período de 1º de janeiro a 30 de setembro. A comparação feita pelo G1 considera os balanços do Inpe a partir de 2009.
O Programa Queimadas do Inpe analisa a situação das TIs considerando os focos dentro e...

Fonte: Globo.com

Meio Ambiente

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS