Menu
Atualizado em 12/01/2019 às 05h40

Beth Carvalho participa de disco de jovem sambista da escola mirim Mangueira do Amanhã

Conhecida pelo epíteto de Madrinha do samba pela tendência de avalizar jovens sambistas, a mangueirense Beth Carvalho endossa o segundo EP do cantor e compositor carioca Enzo Belmonte.
Morador do Morro do Pinto, erguido na Zona Portuária da cidade do Rio de Janeiro (RJ), o adolescente de 17 anos é o interprete oficial da escola mirim Mangueira do Amanhã.
Apadrinhado por Seu Jorge, Enzo debutou no mercado fonográfico no ano passado com a edição de EP intitulado EPersonalidade do samba, lançado em setembro de 2018.
No segundo EP, produzido por Rildo Hora e programado para ser editado na segunda quinzena deste mês de janeiro de 2019, Enzo conseguiu a proeza de reunir Beth Carvalho e Nelson Sargento – outro ilustre mangueirense – no samba inédito Trovador urbano, de autoria de André da Mata e Selma do Samba.
Além deste samba, o segundo EP de Enzo Belmonte traz no repertório as composições Deus perdoa (Fred Camacho, Marcelinho Moreira e...


Fonte: Globo.com
Comente esse artigo

Brasil

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS