Menu
Atualizado em 12/07/2019 às 01h20

A fruta estranha


Quando eu era adolescente, costumava correr na praia à noite. Ou voltava do trabalho andando pela praia. Além de economizar com a passagem, amava a sensação do vento no rosto e apreciar a imensidão.
Leia mais (07/12/2019 - 02h00)

Fonte: Folha UOL

Brasil

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS