Menu
Atualizado em 11/09/2019 às 16h00

Polícia cumpre mandado busca e apreensão em corretora suspeita de fraudar o Seguro DPVAT no Pará

Empresa de Rio Maria é suspeita de emitir certidões de óbito falsificadas de supostas vítimas de acidentes para garantir indenização por morte, no valor de R$ 13,500. Vítimas de acidentes nas rodovias brasileiras têm o direito de solicitar o Seguro DPVAT
Arquivo Pessoal
A Polícia Civil investiga um esquema de fraude contra o Seguro DPVAT, no município de Rio Maria, no sudeste do Pará. No dia 4 de setembro,. foram cumpridos mandados de busca e apreensão em uma corretora do seguro na região, suspeita de falsificar documentos públicos para ter acesso ao benefício.
De acordo com as investigações, a empresa utilizava certidões de óbito falsas de supostas vítimas de acidentes, que estavam vivas, para dar entrada no pedido de indenização por morte do seguro, no valor de R$ 13.500. Durante o cumprimento dos mandados foram apreendidos na corretora documentos e um computador. Se for comprovado o crime, a empresa vai responder pelos crimes de...

Fonte: Globo.com

PA - Belém

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS