Menu
Atualizado em 11/07/2019 às 16h40

Pesquisa desenvolvida na UFPB descobre inseticida mais eficiente contra mosquito da dengue

Substância desenvolvida a partir do extrato do sisal mata larva do mosquito em até 24 horas, aponta pesquisadora. Estudo financiado pelo CNPQ está a dois anos de conclusão. Substância extraída do líquido do sisal se mostrou eficaz no combate ao mosquito da dengue, aponta pesquisa da UFPB
Raíssa Oliveira/UFPB
Uma pesquisa desenvolvida no Departamento de Biologia Celular e Molecular da UFPB desenvolveu uma substância mais eficiente para matar o mosquito Aedes aegypti, conhecido como mosquito da dengue, a partir do líquido extraído do sisal. A pesquisadora que coordenada a pesquisa, Fabíola Cruz, explicou que os resultados foram patenteados e a expectativa é de que dentro de dois anos.
Conforme o trabalho iniciado em 2012 por Fabíola Cruz, quando a pesquisa ainda era sua tese de doutorado, o líquido extraído a planta cultivada na região do semiárido paraibano mata a larva do mosquito da dengue em até 24 horas.
A pesquisadora, que também...

Fonte: Globo.com

PB - João Pessoa

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS