Menu
Atualizado em 19/08/2019 às 18h40

Ex-presidente da Câmara de Juarez Távora, PB, é condenado a devolver R$ 51 mil

Adailson Manoel Santana foi condenado por improbidade administrativa, por não recolher contribuições ao INSS, e teve direitos políticos suspensos por cinco anos. O ex-presidente da Câmara Municipal de Juarez Távora, no Agreste paraibano, Adailson Manoel de Santana, foi condenado pela Justiça por improbidade administrativa. O caso envolveu a falta de recolhimentos e contribuições previdenciárias. Ele vai ter que devolver R$ 51.932,28 aos cofres públicos e teve os direitos políticos suspensos por cinco anos.
A decisão foi do juiz Jailson Shizue Suassuna, que compõe a grupo de trabalho da Meta 4. O processo é oriundo da Vara Única da Comarca de Alagoa Grande. De acordo com os autos, o ex-presidente da casa legislativa de Juarez Távora não teria contabilizado e nem recolhido contribuições previdenciárias devidas ao Instituto Nacional do Seguro (INSS).
Conforme os autos, o ato de improbidade teria acontecido durante o exercício de 2010 e foi detectado...

Fonte: Globo.com

PB - João Pessoa

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS