Menu
Atualizado em 11/09/2019 às 11h00

Arma que matou policial durante ocorrência na Paraíba pode ter disparado sozinha, diz delegada

Primeiras investigações revelaram que tiro partiu de uma submetralhadora que estava nas costas de um outro PM. Caso pode ser tratado como acidente de trabalho. Cabo da Polícia Militar Emerson Thiago Soares de Lima, de 34 anos, foi morto após ser atingido por tiro acidental, em Campina Grande
TV Paraíba/Reprodução
O tiro que matou um policial militar durante uma ocorrência em Campina Grande partiu de uma submetralhadora que estava nas costas de um outro PM, conforme a delegada de Homicídios Nercília Dantas, que acompanha o caso. De acordo com a delegada, as primeiras investigações revelaram que a arma pode ter disparado sozinha enquanto os policiais tentavam conter um homem suspeito de desordem no bairro Monte Santo.
Policial militar é morto com tiro acidental por outro PM durante ação
Vídeo mostra momento em que PM pede socorro após atirar em colega
Na manhã desta terça-feira (10), a delegada contou ao G1 que a arma que disparou e...

Fonte: Globo.com

PB - João Pessoa

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS