Menu
Atualizado em 11/09/2019 às 18h00

Fabricante pede informações à PMPB sobre arma envolvida em morte de policial por tiro acidental

Taurus, fabricante da submetralhadora .40 envolvida na ação, afirma que é preciso considerar estado de conservação da arma. Delegada indicou possibilidade de disparo automático. Vídeo registrado por moradores foi gravado depois que o cabo da Polícia Militar Emerson Thiago Soares de Lima foi atingido com um tiro na cabeça por outro PM
TV Paraíba/Reprodução
Após a morte do policial militar Emerson Thiago Soares de Lima, de 34 anos, vítima de um tiro acidental durante uma ação da Polícia Militar em Campina Grande, na segunda-feira (9), a Taurus, empresa responsável pela fabricação da submetralhadora .40 (SMT40), usada na ação, afirmou em nota que encaminhou um ofício à Polícia Militar da Paraíba para entender as circunstâncias do acidente e colaborar na apuração dos fatos.
O cabo Emerson Thiago Soares de Lima foi morto com um tiro na cabeça durante uma ação da polícia no bairro do Monte Santo, em Campina Grande. Ele ainda foi...

Fonte: Globo.com

PB - João Pessoa

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS