Menu
Atualizado em 17/06/2019 às 04h00

Padre Martins Júnior prefere o recato

O novo bispo do Funchal revogou ontem a suspensão ‘a divinis’ do padre Martins Júnior, decretada em Julho de 1977, pelo então prelado Francisco Santana, anunciou a diocese. Notícia que o DIÁRIO acompanhou desde a primeira hora, sendo que o contacto com o sacerdote ainda não foi possível.Ontem o DIÁRIO acompanhou a festa que os fiéis fizeram no adro da igreja da Ribeira Seca, em Machico, onde o sacerdote foi recebido com aplausos, abraços e beijos, mas sem prestar declarações aos jornalistas. Restaram as fotos e as palavras dos presentes.“Tendo em consideração que, passados estes anos as razões primeiras que levaram à aplicação e manutenção dessa pena deixaram de existir, o bispo do Funchal, depois de ouvido o reverendo padre Martins Júnior e os Conselhos Episcopal e dos consultores, decidiu revogar a referida pena de suspensão”, lê numa nota divulgada no ‘site’ da diocese do Funchal.Na nota é ainda referido que Martins Júnior foi “nomeado na...

Portugal

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS