Menu
Atualizado em 11/07/2019 às 16h40

Vasco Cordeiro diz que subsídio de mobilidade não pode ser posto em causa

O presidente do Governo dos Açores considerou que as situações “censuráveis” de “aproveitamento abusivo e ilegítimo” do subsídio de mobilidade devem ser investigadas, mas afirma que este mecanismo não pode ser “posto em causa”. “Essas situações de abuso, obviamente, são situações censuráveis, devem ser esclarecidas, mas não menorizam, nem põem em causa os méritos de um sistema, que permitiu um aumento exponencial, com um impacto muito directo na economia da nossa região, do turismo e da mobilidade dos açorianos”, afirmou Vasco Cordeiro, questionado sobre as suspeitas de fraude nos subsídios de mobilidade para as Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira.Segundo o líder socialista, é necessário investigar, esclarecer e penalizar “quem faz um aproveitamento abusivo e ilegítimo desse modelo”, bem como aperfeiçoar o que “tiver que ser aperfeiçoado, mas a questão da mobilidade dos açorianos e a importância de uma mobilidade como aquela...

Portugal

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS