Menu
Atualizado em 16/07/2019 às 20h20

Novo Banco com perdas de mais de 3,5 mil ME em Junho de 2018 causadas por 33 devedores

O Novo Banco tinha em final de Junho de 2018, à data da última injecção de dinheiros públicos, 3.542 milhões de euros em perdas causadas por mais de 30 devedores, segundo o Banco de Portugal.Estas perdas decorriam de créditos iniciais de 7.260 milhões de euros, sendo que a exposição a 30 de junho se tinha reduzido para 3.488 milhões de euros.Os mesmos devedores obrigaram ainda o Novo Banco a constituir 2.420 milhões de euros em imparidades (perdas potenciais).A informação refere ainda as perdas do Novo Banco em final de 2014, ano em que foi criado para ficar com parte da atividade bancária do Banco Espírito Santo (BES).Para essa data são referidos 11 devedores com imparidades (perdas potenciais) de 502 milhões de euros e perdas efectivas de 2.948 milhões de euros.A quase totalidade das perdas, 2.941 milhões de euros, foram causadas por um único devedor. O Expresso noticia que se trata do BES Angola.Ainda para final de 2014, são referidos para o Novo Banco 522...

Portugal

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS