Menu
Atualizado em 16/07/2019 às 18h20

Parlamento recusa explicar justificação de faltas de Silvano

O secretário-geral do PSD, José Silvano, conseguiu que os serviços da Assembleia da República (AR) reclassificassem as suas ausências nos plenários de 18 e de 24 de outubro de 2018, como "faltas justificadas". Apesar de estar obrigado a entregar as justificações no prazo de cinco dias após as faltas, o deputado só o fez quase um mês depois, perante a polémica com as assinaturas falsas que a deputada Emília Cerqueira fez em seu nome. O Parlamento recusa explicar o motivo para abrir esta exceção ao regulamento.

Fonte: JN.pt

Portugal

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS