Menu
Atualizado em 17/07/2019 às 23h20

Câmara de Lisboa discute aquisição dos 11 prédios da Segurança Social para renda acessível

A Câmara de Lisboa vai discutir na quinta-feira a aquisição dos 11 prédios da Segurança Social que serão convertidos em habitação acessível, no valor de 57,2 milhões de euros. A proposta, que será apreciada em reunião privada do executivo e à qual a agência Lusa teve acesso, dá conta que o acordo fica sujeito à aprovação em assembleia municipal e à obtenção do visto prévio do Tribunal de Contas. O documento, assinado pelo presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina (PS), e pelo vereador do Urbanismo, Manuel Salgado (PS), defende que a aquisição dos 11 imóveis “é fundamental para prosseguir os objectivos de governo da cidade em matéria de promoção de habitação de rendas acessíveis em melhores condições, mas também uma oportunidade única para reforçar e qualificar em excelentes condições o património imobiliário municipal”.Em causa está o designado programa de reconversão de edifícios da segurança social (PRESS), decorrente da...

Portugal

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS