Menu
Atualizado em 21/07/2019 às 10h00

Extracção de inertes “sem licença e sem acompanhamento é um escândalo”, diz Paulino Ascenção

Paulino Ascenção, Coordenador do Bloco de Esquerda / Madeira, reagiu à manchete de hoje do DIÁRIO sobre a extracção selvagem nos socorridos. O ‘bloquista’ disse que “a extracção de inertes na Ribeira dos Socorridos sem licença e sem acompanhamento é um escândalo e mais uma situação que mostra a impunidade que reina na Madeira”.“Os grandes empresários regionais fazem o que querem e bem entendem à vista de todos e o Governo do PSD vem sempre branquear a situação, ou assobiar para o lado”, diz, acrescentando que “se fosse um particular a recolher os inertes teria mão pesada do Governo Regional”.De acordo com Paulino Ascenção, “um amador para pescar tem de pedir licença e pagar a taxa” e “será punido se capturar acima da medida regulamentar”.“Mas o Governo Regional, sem vergonha, acobarda-se perante estes novos senhorios da Madeira, que são quem manda de facto na Madeira”, sustenta.Segundo o ‘bloquista’, estes grandes grupos...

Portugal

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS