Menu
Atualizado em 21/07/2019 às 18h40

Papa pede que comemoração da ida à Lua desperte progresso na Terra

O papa Francisco recordou hoje a chegada da humanidade à Lua, há 50 anos, e pediu que aquela comemoração desperte o desejo de progresso em matérias de dignidade, justiça e futuro na Terra.“Que a recordação daquele grande passo para a humanidade possa despertar o desejo de progredirmos juntos para metas ainda maiores: mais dignidade para os débeis, mais justiça entre os povos e mais futuro para a nossa casa comum”, disse hoje o papa Francisco a partir da varanda do palácio apostólico, na praça de São Pedro, no Vaticano.O papa classificou de “passo extraordinário” a façanha da chegada à Lua no dia 20 de julho de 1969, quando pela primeira vez a humanidade chegou ao único satélite natural da Terra, através dos astronautas norte-americanos Neil Armstrong e Edwin ‘Buzz’ Aldrin.Em 1969, o então papa Paulo VI seguiu atentamente e celebrou a chegada à Lua juntamente com os seus colaboradores, no observatório astronómico do palácio de veraneio de...

Portugal

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS