Menu
Atualizado em 14/08/2019 às 03h20

Defesa de Lula pede libertação com base em mensagens reveladas pelo Intercept

A defesa do ex-Presidente brasileiro Lula da Silva entregou na terça-feira mais um pedido de liberdade no Supremo Tribunal Federal (STF), argumentando falta de isenção dos procuradores da Operação Lava Jato, considerando mensagens divulgadas pelo ‘Intercept’.Os advogados do antigo chefe de Estado pediram ainda que os magistrados reconheçam, com base no artigo 258.º do Código de Processo Penal brasileiro, a suspeição dos procuradores do grupo de trabalho da Lava Jato de Curitiba, a maior operação contra a corrupção do país, na sequência das conversas divulgadas desde 19 junho pelo portal jornalístico ‘The Intercept Brasil’.“Demonstramos que, de acordo com a Constituição Federal, com a legislação e os tratados internacionais internalizados no país, os membros do Ministério Público (MP) devem estrita observância às garantias da legalidade, impessoalidade, moralidade e da imparcialidade”, argumenta a defesa de Lula da Silva, citada na página na...

Portugal

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS