Menu
Atualizado em 23/08/2019 às 01h00

Universidade venezuelana formará professores de português da Colômbia, Chile, Peru e Argentina

A Universidade de Carabobo (oeste de Caracas) vai formar, à distância, professores de português da Colômbia, Chile, Peru e Argentina, ao abrigo de um protocolo de cooperação com o Camões - Instituto de Cooperação e da Língua.O anúncio foi feito pelo coordenador do Ensino de Língua e Cultura portuguesa na Venezuela, Rainer Sousa, no Centro Português de Caracas, onde decorreu o I Encontro de Estudantes do 1.º Diplomado do Curso de Português como Língua Estrangeira, da Venezuela.“Já estão a decorrer as pré-inscrições, para começar em setembro (na segunda semana) e (além de venezuelanos) há outro grupo de interessados, nomeadamente pessoas da Colômbia, Chile, Peru e Argentina, que já pediram também para fazer o diplomado”, acrescentou.Em declarações à agência Lusa, o coordenador do ensino, explicou que o diplomado, que forma professores de português à distância “é uma boa oportunidade para avançar”.“Não podemos ter bons alunos de português...

Portugal

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS