Menu
Atualizado em 11/09/2019 às 08h00

Jorge Carvalho termina mandato com “noção do dever cumprido”

A recuperação do tempo de serviço congelado aos professores, foi a primeira referência de Jorge Carvalho, no discurso que encerrou a sessão de abertura do ano lectivo 2019/2020 que decorreu, esta manhã, na Escola Secundária Jaime Moniz.O secretário regional da Educação aproveitou para fazer um balanço aos quatro anos e meio do mandato que está a terminar, garantindo que chega ao fim com clara “noção do dever cumprido”.A recuperação do tempo de serviço dos professores, que decorrerá até 2025, contrasta com o que se verifica ao nível nacional, onde apenas um terço do tempo congelado poderá ser recuperado. Neste momento, na Madeira, quase 3.000 professores já está reposicionados na carreira.Jorge Carvalho abordou a questão das fusões de escolas, garantindo que os critérios foram claros, nomeadamente a não existência de turmas com alunos de níveis diferentes de ensino. “Foram decisões acertadas”, afirmou, perante uma plateia composta, sobretudo, por...

Portugal

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS