Menu
Atualizado em 18/09/2019 às 12h00

União SAD volta a contestar a não homologação do PER

O Tribunal Judicial da Comarca da Madeira Juízo de Comércio do Funchal voltou a recusar a homologação de um Plano Especial de Revitalização (PER) do Clube Futebol União da Madeira, Futebol SAD, através de despacho, que voltou a ser contestado pela ‘sociedade unionista’, que considera que “o tribunal errou no cálculo dos créditos dos credores que votaram favoravelmente o plano de revitalização apresentado pelo União da Madeira”.Segundo a administração da SAD, “consta do despacho judicial que votaram favoravelmente o plano apresentado pelo União da Madeira credores com créditos no valor de 1.917.760,71€, quando na verdade votaram favoravelmente credores com créditos no valor de 1.923.999,37€”. “Tal valor é suficiente para concluir-se que o plano reuniu o necessário quórum deliberativo, superior ao valor de dois terços dos votos emitidos (1.922.372,59€)”, assegura a ‘sociedade’, através de comunicado, acrescentando que “dará entrada...

Portugal

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS