Menu
Atualizado em 19/09/2019 às 21h00

Moçambique entre os países com maiores progressos na redução da mortalidade infantil

Moçambique reduziu a mortalidade infantil em dois terços nas últimas duas décadas, segundo as Nações Unidas, que destacam o país como dos que mais progressos alcançaram na África Subsaariana.Várias agências das Nações Unidas, lideradas pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e pela Organização Mundial de Saúde (OMS), divulgaram ontem dois relatórios sobre mortalidade infantil, materna e neonatal, que mostram progressos reais na redução destas mortes a nível mundial nas últimas duas décadas.Segundo as novas estatísticas, entre 1990 e 2018, Moçambique registou uma taxa média anual de redução da mortalidade em crianças com menos de 5 anos de 4,3 por cento.Em 1990, a probabilidade de uma criança morrer antes dos cinco anos era de 241 crianças em cada 1.000 em Moçambique, valor que passou para 79 por 1.000 em 2018.Em números absolutos, as mortes infantis caíram de 129 mil para 79 mil.O relatório assinala que foram alcançados “grandes...

Portugal

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS