Menu
Atualizado em 10/10/2019 às 05h40

Curdos dizem que morreram “muitos civis” no primeiro dia do ataque turco

A zona fronteiriça entre a Turquia e a Síria permanece “tensa” às primeiras horas da manhã de hoje, após o desencadear da intervenção militar turca, em que “morreram muitos civis”, disseram as Forças Democráticas da Síria (FDS). “Neste momento temos ‘calma tensa’ na fronteira desde as 03:00 (00:00 em Lisboa) disse o porta-voz das FDS, Kino Gabriel, que localizou confrontos em Sere Kanye (Ras al Ain) e Tal Abiad. “Muitos civis foram mortos ou ficaram feridos nos bombardeamentos contra as cidades e povoações da fronteira, incluindo mulheres e crianças”, disse ainda a mesma fonte, sem precisar um número provisório de vítimas mortais. Anteriormente, as FDS, lideradas pelos curdos das Unidades de Proteção do Povo (YPG), tinham referido a morte de pelo menos oito pessoas, entre as quais cinco civis, no início do ataque da Turquia contra território sírio.A organização adiantou igualmente que elementos do grupo radical Estado Islâmico atacaram civis...

Portugal

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS