Menu
Atualizado em 17/06/2019 às 22h00

Paraná, segunda-feira, 17 de junho de 2019

Boa noite! Aqui estão as principais notícias para você terminar o dia bem-informado. Um dos policiais militares envolvidos na perseguição que acabou com a morte do jornalista Andrei Francisquini, 35 anos, na Praça da Espanha, em Curitiba, disse em interrogatório nesta segunda-feira (17) que presumiu que a vítima estivesse armada no carro.
Os três PMs que participaram da perseguição foram interrogados na 2ª Companhia da Polícia Militar, em Curitiba. O interrogatório começou por volta das 9h15 e terminou no início da tarde.
Essa foi a primeira vez que eles foram interrogados sobre o caso. Os três deram versões parecidas sobre o que aconteceu na madrugada de 12 de maio.
PMs chegaram acompanhados dos advogados (que estão de terno)
Reprodução/RPC
Incêndio no Morro do Capivari Mirim
Cerca de cinco mil metros quadrados de mata foram queimados durante um incêndio que atingiu o Morro do Capivari Mirim em Campina Grande do Sul,...

Fonte: Globo.com

PR - Curitiba

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS