Menu
Atualizado em 11/09/2019 às 16h20

TRF-4 mantém condenações de Renato Duque e João Bernardi Filho na Lava Jato

Denúncia diz que eles participaram de esquema de corrupção e lavagem de dinheiro para favorecer empresa italiana na contratação de obras da Petrobras. Réus têm acordos de colaboração premiada. Renato Duque durante depoimento na CPI da Petrobras em Brasília, em 2015
Marcelo Camargo/Agência Brasil
O ex-executivo da Petrobras Renato de Souza Duque e João Bernardi Filho tiveram as condenações da primeira instância mantidas em julgamento no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) nesta quarta-feira (11). Os dois respondem por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e dissimulação de produto de crimes, em ação da Lava Jato.
A pena de Duque aumentou em dois meses em relação à da primeira instância, de três anos e quatro meses para três anos e seis meses. E no caso de Bernardi, o tribunal reduziu a condenação de cinco anos e seis meses para três anos e dois meses. Para ambos, foi determinado regime aberto. Eles são colaboradores....

Fonte: Globo.com

PR - Curitiba

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS