Menu
Atualizado em 17/09/2019 às 15h00

Fundo de R$ 2,66 bilhões da Petrobras: relembre como foi criado e saiba para onde vai o dinheiro após decisão do STF

Valor corresponde a 80% de multa imposta à companhia por órgãos dos EUA. Nesta terça, Alexandre de Moraes, do STF, validou acordo para uso do dinheiro, que vai para combate às queimadas na Amazônia e para educação. Depois de meses de um impasse que envolveu a força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, a Procuradoria-Geral da República (PGR) e o Supremo Tribunal Federal (STF), finalmente foi decidido o destino de um fundo biliário da Petrobras. O valor – cerca de R$ 2,66 bilhões – corresponde a 80% de uma multa imposta à companhia por órgãos americanos.
Nesta terça-feira (17), o ministro Alexandre de Moraes, do STF, validou o acordo para uso desse dinheiro que havia sido assinado em setembro pelo governo federal, por representantes da Câmara e do Senado e pela PGR.
Os R$ 2,66 bilhões vão ser destinados para o combate às queimadas na Amazônia e para a educação. A divisão estabelecida é a seguinte:
1) R$ 1,601 bilhão para educação,...

Fonte: Globo.com

PR - Curitiba

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS