Menu
Atualizado em 09/10/2019 às 18h20

Gaeco denuncia 133 pessoas envolvidas com facção criminosa no Paraná

Do total de denunciados, 98 estão presos e o restante está foragido; as 14 denúncias tratam de crimes como tráfico de drogas, comercialização de armas e tortura mediante sequestro. Londrina é uma das cidades onde mandados judiciais foram cumpridos no âmbito da Operação Sicário
Alberto D'angele/RPC
O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público do Paraná (MP-PR), denunciou 133 pessoas envolvidas com o Primeiro Comando da Capital (PCC). No total, são 14 denúncias criminais. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (9).
Do total de denunciados, 98 estão presos e o restante está foragido, informou o MP-PR. A investigação apontou que os envolvidos com a organização criminosa atuavam em diversos estados, mas especialmente em cidades do norte do Paraná, a partir de presídios.
Os denunciados são acusados de crimes como participação em organização criminosa, tráfico de drogas,...

Fonte: Globo.com

PR - Curitiba

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS