Menu
Atualizado em 18/06/2019 às 16h00

Polícia Federal prende suspeito de participar da morte de agente penitenciário em Mossoró

Homem de 40 anos foi detido em Sumaré (SP) após mandado de prisão expedido pela 8ª Vara da Justiça Federal de Mossoró. Henri Charle Gama e Silva foi assassinado a tiros em 2017. Henri Charle foi morto em 2017. Ele era lotado no Presídio Federal de Mossoró
Divulgação/PM
A Polícia Federal prendeu um homem de 40 anos suspeito de participar do assassinato do agente federal penitenciário Henri Charle Gama e Silva, em 2017, em Mossoró, na Região Oeste potiguar. Ele foi preso em Sumaré, no interior de São Paulo, na segunda-feira (17).
Segundo a PF, a investigação apontou que o acusado adquiriu um imóvel próximo ao Presídio Federal de Mossoró para levantar informações que pudessem auxiliar no plano que terminou com a morte de Henri Charle Gama e Silva, em 2017.
A prisão do homem de 40 anos foi feita pelo Grupo Especial de Rastreamento e Capturas da Diretoria Executiva da Polícia Federal em Brasília, que cumpriu um mandado de prisão...

Fonte: Globo.com

RN - Natal

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS