Menu
Atualizado em 19/07/2019 às 21h00

TRF-4 nega recursos e mantém penas de ex-gerente da Petrobras e ex-diretor da UTC

Julgamento foi realizado pela 4ª Sessão, órgão colegiado formado pelas 7ª e 8ª Turmas. Desembargadores, de forma unânime, decidiram manter as penas dos réus. Tribunal Regional Federal da 4ª Região
Luã Hernandes/G1
O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) negou nesta quinta-feira (18) recurso de embargos de declaração do ex-gerente de engenharia da Petrobras Roberto Gonçalves e do ex-diretor da empreiteira UTC Engenharia Walmir Pinheiro Santana. Eles foram condenados em processo no âmbito da Operação Lava Jato.
O julgamento foi realizado pela 4ª Seção, órgão colegiado formado pelas 7ª e 8ª Turmas. Os desembargadores, de forma unânime, decidiram manter as penas dos réus.
Gonçalves foi condenado a 17 anos, nove meses e 23 dias de reclusão, em regime inicial fechado, por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e pertinência à organização criminosa. A pena imposta a de Santana foi oito anos de reclusão, por...

Fonte: Globo.com

RS - Porto Alegre

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS