Menu
Atualizado em 11/09/2019 às 20h20

Justiça condena mais dois réus pela morte de comerciante em São Borja

Sônia Khaled foi assassinada a mando do marido em 2015. Dois homens considerados executores do crime foram julgados nesta semana. Outros três homens já foram condenados. Sentença sobre réus pela morte de Sônia Hussein Khaled foi conhecida nesta quarta (11)
Alfredo Pereira
A Justiça condenou nesta quarta-feira (11) mais dois homens envolvidos no assassinado da comernciante Sônia Hussein Khaled, em São Borja, na Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul. Bruno Silveira Aires foi sentenciado a 24 anos e Tiago Vargas Motta, a 22 anos e oito meses, em regime fechado, sem possibilidade de recorrer em liberdade.
A dupla foi considerada culpada por homicídio triplamente qualificado, por render Sônia, levá-la até a Rua Coronel Tristão de Araújo Nóbrega e executá-la, em 2015, segundo o Ministério Público.
Conforme consta na denúncia do MP, Bruno foi o autor dos disparos (quatro ao total) e das duas facadas dadas pelas costas, que resultaram na...

Fonte: Globo.com

RS - Porto Alegre

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS