Menu
Atualizado em 08/10/2019 às 19h00

Informações do Caso Nicolle são enviadas a SP após mulher se passar por jovem morta no RS

Em duas ocasiões, ocorrências com o nome de Nicolle Castilho foram registradas em uma cidade paulista. Para polícia gaúcha, jovem que desapareceu em 2017 foi morta a mando de traficantes. Nas redes sociais, a jovem usava o nome Nicolle Mariee
Reprodução/Facebook
A Polícia Civil do RS enviou informações sobre a investigação da morte da jovem Nicolle Brito Castilho da Silva à Delegacia de São Vicente e ao Ministério Público de São Paulo, conforme o delegado Leonel Baldasso, que presidiu o inquérito. Isso aconteceu após a polícia descobrir que dois termos circunstanciados foram lavrados com o nome de Nicolle, na cidade paulista.
O delegado acredita que uma mulher esteja se passando pela modelo. O corpo de Nicolle nunca foi encontrado.
Os termos circunstanciados foram registrados em autuações por posse de drogas em duas ocasiões: em 23 de fevereiro de 2017 e em 18 de fevereiro de 2019, conforme o delegado. Na primeira data, a jovem...

Fonte: Globo.com

RS - Porto Alegre

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS